Desde seu lançamento, em 2013, Meu Malvado Favorito 2 encantou o público com uma trama divertida e animação de alta qualidade. Dirigido por Pierre Coffin e Chris Renaud, o filme arrecadou US$ 970 milhões em bilheteria mundialmente. A continuação do primeiro filme trouxe de volta o adorável vilão Gru, agora com a missão de prender um novo vilão: Eduardo Perez.

Um dos destaques do filme é a forma como ele desafia o estereótipo de vilão. Ao fazer Gru pensar em abandonar a vida no crime e se tornar um agente secreto, os roteiristas criaram um personagem mais ambíguo e interessante. O público torce por Gru, mesmo sabendo que ele já foi um vilão antes.

Mas o grande sucesso da franquia Meu Malvado Favorito se dá também pelos adoráveis personagens secundários. Os minions, criaturinhas amarelas e fofas que trabalham como agentes de Gru, se tornaram um fenômeno cultural. Estes pequenos seres têm uma legião de fãs de todas as idades e são responsáveis por grande parte do humor do filme.

Outro ponto positivo de Meu Malvado Favorito 2 é a trilha sonora. A canção Happy, de Pharrell Williams, que toca na cena em que os minions fazem uma festa, se tornou um grande hit mundial e ganhou um Oscar de melhor canção original.

Além de agradar ao público, Meu Malvado Favorito 2 também foi bem recebido pela crítica especializada. O site Rotten Tomatoes deu à animação 74% de aprovação, afirmando que “a animação continua trazendo alegria e diversão para toda a família”. O sucesso do filme foi tamanho que, em 2017, uma terceira sequência foi lançada: Meu Malvado Favorito 3.

Em resumo, Meu Malvado Favorito 2 é mais um sucesso de bilheteria que encantou o público com uma história engraçada, personagens carismáticos e animação de alta qualidade. A franquia, que já conta com várias sequências e derivados, continua conquistando fãs ao redor do mundo, principalmente pelas adoráveis criaturinhas amarelas, os minions.